You need to set up the menu from Wordpress admin.
maio 25, 2015
Josimar Lima do Nascimento

Embrapa cede áreas para PF e PRF em Campo Grande

Embrapa cede áreas para PF e PRF em Campo Grande
As superintendências da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, em Mato Grosso do Sul, foram beneficiadas pela assinatura de um contrato de comodato, no qual a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), por intermédio da Embrapa Gado de Corte, fez a cessão de áreas a serem usadas pelos dois órgãos na rodovia BR-262, em frente ao núcleo industrial, em Campo Grande.
Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, a ação visa não só estreitar a parceria com os órgãos públicos federais, mas também contribuir para a segurança da Empresa, que conta com uma área de cerca de 3,2 mil hectares e aproximadamente 50 quilômetros de perímetro. “E consequentemente reduzir nosso problema de vandalismo e pressão urbana, a exemplo da parceria que fizemos com a Polícia Militar, há cerca de três anos, para a instalação do Batalhão de Cavalaria numa área de 50 hectares”, acrescenta destacando que a “ação está prevista no Plano de Gestão da Unidade”.
O superintendente em exercício da PF, Chang Fan, informa que será realizado um estudo sobre a estrutura que será implantada no local, que conta com três hectares, possivelmente um centro de capacitação. “A Polícia Federal sempre tem uma defasagem em espaço para treinamento e capacitação nessa região de fronteira, onde temos várias tarefas e atribuições e essa área será muito bem aproveitada”, diz.
De acordo com o superintendente da PRF, Ciro Ferreira, a área de cinco hectares poderá ser utilizada também para a instalação de um centro de treinamento em ações de fronteira. A previsão é contratar o projeto no início do ano que vem, pois não há orçamento previsto para esta finalidade em 2015.Ano 11 – nº 1.301

Ano 11 – nº 1.302


assinatura comodato embrapa gado de corte com pf e prf_foto kadijah suleiman 2

As superintendências da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, em Mato Grosso do Sul, foram beneficiadas pela assinatura de um contrato de comodato, no qual a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), por intermédio da Embrapa Gado de Corte, fez a cessão de áreas a serem usadas pelos dois órgãos na rodovia BR-262, em frente ao núcleo industrial, em Campo Grande.  

Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Corte, Cleber Soares, a ação visa não só estreitar a parceria com os órgãos públicos federais, mas também contribuir para a segurança da Empresa, que conta com uma área de cerca de 3,2 mil hectares e aproximadamente 50 quilômetros de perímetro. “E consequentemente reduzir nosso problema de vandalismo e pressão urbana, a exemplo da parceria que fizemos com a Polícia Militar, há cerca de três anos, para a instalação do Batalhão de Cavalaria numa área de 50 hectares”, acrescenta destacando que a “ação está prevista no Plano de Gestão da Unidade”.

O superintendente em exercício da PF, Chang Fan, informa que será realizado um estudo sobre a estrutura que será implantada no local, que conta com três hectares, possivelmente um centro de capacitação. “A Polícia Federal sempre tem uma defasagem em espaço para treinamento e capacitação nessa região de fronteira, onde temos várias tarefas e atribuições e essa área será muito bem aproveitada”, diz.De acordo com o superintendente da PRF, Ciro Ferreira, a área de cinco hectares poderá ser utilizada também para a instalação de um centro de treinamento em ações de fronteira. A previsão é contratar o projeto no início do ano que vem, pois não há orçamento previsto para esta finalidade em 2015.

 

Redação e foto: Kadijah Suleiman 

360 Comments

Leave a comment

Anos anteriores