Experimento avalia pesagem de bovinos por imagens

O trabalho “Estimativa de peso de bovinos da raça Girolando por meio de medidas corporais extraídas de imagens”, primeiro artigo da tese de doutorado em Ciências Ambientais e Sustentabilidade Agropecuária da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) de Vanessa de Moraes Weber, foi recentemente publicado na Revista Brasileira de Zootecnia. O material é resultado de uma parceria entre UCDB, Embrapa, Universidade Estadual de Mato grosso do Sul (UEMS) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Segundo Vanessa, o experimento foi construído a fim de identificar se é possível estimar o peso de bovinos por imagens e quais as perspectivas e medidas dos mesmos mais explicam seu peso: “buscamos verificar quais medidas são necessárias para que um sistema computacional baseado em análise de imagens possa estimar o peso vivo de bovinos. Para tanto, pesamos e medimos 34 animais da raça Girolando e adquirimos imagens desses animais, dessas imagens extraímos medidas conhecidas da literatura para gerar um modelo a fim de entender quais dados explicam melhor o seu peso”, detalhou Vanessa.

Continue lendo “Experimento avalia pesagem de bovinos por imagens”

Gestão avalia impactos do teletrabalho e faz balanço parcial das atividades

Pecuária do Futuro: ao longo desse período já tivemos muitas realizações.

Como várias atividades que envolvem pesquisas no Brasil e no mundo, o projeto Pecuária do Futuro foi impactado pelos efeitos da pandemia causada pelo novo coronavírus (como distanciamento social, teletrabalho etc). A líder Patrícia Menezes Santos da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP) faz uma avaliação do andamento das ações, orienta sobre a contratação de bolsistas e apresenta um breve balanço dos principais avanços até o momento.

Pecuária do Futuro: Projeto foi prorrogado? Por quanto tempo? Quais os impactos dessa prorrogação?
Patrícia Santos: O projeto ainda não foi prorrogado, pois os pedidos de prorrogação só são avaliados pela SPD (Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento) quando faltam seis meses para o final. Eles argumentam que assim é possível ter uma ideia mais clara de quanto tempo a mais será necessário para conclui-lo. Devemos fazer nova solicitação no final do ano.

Continue lendo “Gestão avalia impactos do teletrabalho e faz balanço parcial das atividades”

Funcionalidade de Pasto Certo é aliada das pesquisas em melhoramento

A funcionalidade “Demandas” entrou em operação no aplicativo Pasto Certo, em setembro de 2019. Seu objetivo foi abrir um espaço para produtores rurais e técnicos apresentarem suas principais demandas, dificuldades e expectativas em relação às cultivares forrageiras. O levantamento de demandas é derivado da ação realizada pelo Portfólio de Pastagens da Embrapa (2019), sob responsabilidade da presidente do Comitê Gestor do Portfólio, Patrícia Menezes Santos, pesquisadora da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP) e líder do Projeto Pecuária do Futuro.

Continue lendo “Funcionalidade de Pasto Certo é aliada das pesquisas em melhoramento”

Ferramenta busca estimular mercado digital entre produtor e frigorífico

Pesquisador Ivan Bergier colabora com o Pecuária do Futuro desde 2018.

O pesquisador Ivan Bergier, recém-incorporado ao projeto Pecuária do Futuro, vem conduzindo desde agosto de 2019 uma nova atividade que visa estimular o mercado digital entre produtores de gado de corte e frigoríficos. Na linha de frente estão Ivan, o bolsista Matheus Papa de Almeida (PiBic) e o professor Roosevelt Silva, ambos do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, de Corumbá.

Continue lendo “Ferramenta busca estimular mercado digital entre produtor e frigorífico”

Pecuarista brasileiro elege baixa fertilidade do solo como maior problema

Opiniões de produtores e técnicos sobre pastagens foram coletadas em 2019 em todo o Brasil. Foto: Juliana Sussai.

Levantamento feito pelo porftólio de pastagens da Embrapa no ano passado diagnosticou a baixa fertilidade do solo como principal problema apontado por produtores e técnicos. A sondagem ouviu 712 pessoas entre julho e agosto. Do total, 42% indicaram o entrave.

Continue lendo “Pecuarista brasileiro elege baixa fertilidade do solo como maior problema”

Função em aplicativo Pasto Certo abre janela para interatividade

Com downloads na casa de 30 mil, o aplicativo Pasto Certo não para de inovar. Ele encerrou o ano de 2019 e entrou o novo ano com a função “Demandas” trazendo um rico retorno dos atores da cadeia produtiva da pecuária de corte no País. Ao abrir o aplicativo, o usuário é recebido com a pergunta: “Quais são as suas principais dificuldades relacionadas às pastagens? Conte para a gente”. A partir disso, ele é convidado, durante cerca de cinco minutos, a colaborar com os pesquisadores da Embrapa em melhoramento de forrageiras tropicais na construção de futuras pesquisas na área.

Continue lendo “Função em aplicativo Pasto Certo abre janela para interatividade”

Metodologia reduz erros na previsão de cheias do Pantanal

O pesquisador Carlos Padovani, da Embrapa Pantanal, publicou um artigo em que aborda uma metodologia que reduz erros de cálculo sobre a estimativa de tempo que uma onda de inundação percorre durante a enchente do Pantanal. Nesta entrevista, ele explica como funciona a metodologia. Acompanhem:

Pecuária do Futuro: Como funciona a metodologia?

Carlos Padovani: A análise de previsão do nível do rio para estimativa de inundação deve fornecer dois resultados principais: 1 – quanto será o nível do rio no futuro próximo e 2 – quando esse determinado nível ocorrerá. O estudo enfoca nesse segundo parâmetro de tempo, o tempo de viagem da água de um lugar para outro.

Continue lendo “Metodologia reduz erros na previsão de cheias do Pantanal”

Modelo auxilia na indicação de quantidade viável de substituição de pastagem no Pantanal

Pastagens naturais do Pantanal exigem cuidados da pesquisa para eventual substituição. Foto: Rui Madruga.

A pesquisadora Sandra Aparecida Santos, da Embrapa Pantanal, está avançando na construção de uma ferramenta que ajude o produtor pantaneiro a tomar decisões relacionadas à substituição de pastagens nativas por exóticas. Dados levantados pelo Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária) em 15 propriedades do Mato Grosso foram disponibilizados a ela. Embora sejam necessárias pelo menos 20 propriedades, uma análise inicial será feita.

Continue lendo “Modelo auxilia na indicação de quantidade viável de substituição de pastagem no Pantanal”

Aplicativo deve ser desenvolvido por cooperativa com base em protótipo da Embrapa

Está em fase de negociação com a Cooperativa de Produtores Rurais Coopercitrus, de Bebedouro (SP), o desenvolvimento de um aplicativo para diagnóstico de pasto degradado.

A Embrapa, em parceria com stakeholders, por meio do projeto Pecuária do Futuro, desenvolveu e validou um protótipo que integra informações espaciais e temporais para suporte ao diagnóstico de pastagem. As pessoas têm dificuldade em fazer um diagnóstico adequado das condições do pasto e se precisa ser recuperado (ajustar manejo, corrigir solo etc.) ou reformado (prepara a terra e planta novamente a pastagem).

Continue lendo “Aplicativo deve ser desenvolvido por cooperativa com base em protótipo da Embrapa”